Associação de Preservação da Cultura Cigana do Ceará entrega ao Monsenhor Afonso Queiroga o diploma ‘Amigo dos Ciganos’

 

A Associação de Preservação da Cultura Cigana do Ceará concedeu ao monsenhor Afonso Queiroga o Diploma ‘Amigo Dos Ciganos’. A comenda reconhece o trabalho de apoio ao povo cigano prestado pelo sacerdote, que preocupado com a preservação dos valores ciganos, mantêm-se atuante na defesa da cultura, memória e contra a discriminação social que essa comunidade enfrenta.

“Toda manifestação de amizade agrada muita gente, confesso que eu também tenho amizade pelos ciganos, é um relacionamento que graças a Deus surgiu na minha vida e aumentou minha admiração e meu contato com os ciganos” disse o religioso em entrevista a reportagem da Rádio Jornal.

Ex-vigário geral da Diocese de Iguatu durante 15 anos, o padre representa no Ceará a Pastoral Dos Povos Nômades, tendo sido essa uma das principais ferramentas por ele utilizadas como meio de apoio não somente a povos ciganos, mas também a circenses, e parquistas.

A comenda Amigo Do Ciganos soma-se agora aos outros títulos já conquistados pelo religioso. Querido do povo iguatuense pela sua simplicidade e sermões bem aplicados, o padre já recebeu títulos de cidadão iguatuese, cedrense, catarinense, mombaçano e milhanense, além do título de monsenhor a ele concedido através de uma comissão do Vaticano enviada pelo Papa.

 

Ouça a matéria com a fala do padre Queiroga:

 

Matéria: Fernando Araujo