Via Sacra da Paixão é encenada na comunidade da Carnaubinha do Faé, Quixelô

A via sacra retrata os últimos passos de Jesus, desde a sua condenação até a morte de cruz e sepultamento, foi encenada na ultima sexta-feira 19 de abril de 2019, na comunidade da Carnaubinha do Faé, município de Quixelô. A via dolorosa é um grande ato de fé para os católicos que fazem da semana santa uma semana de jejum, caridade e oração.

Com o título “Traçamos com Cristo o caminho ao Calvário”, o ato teatral é uma tradição que dura mais de 20 anos e na última década vem sendo encenado pelo grupo de jovens JBJ – Jovens Buscando Jesus que frisam as cenas de Jesus sendo crucificado, como a maior comoção do público. A comunidade de Carnaubinha do Faé também viu a necessidade de fazer um momento de reflexão e celebração das ultimas horas da vida terrena de Jesus e sua entrega pela humanidade.

A encenação passou a ser realizada todos os anos com a presença das comunidades vizinhas e se tornou uma das atividades mais tradicionais dos jovens da região. A trajetória e o sofrimento de Jesus é um sinal de um Deus misericordioso e de amor. “O Cristo morreu não por nossos pecados, porque isso seria injusto, mas para nos dá a salvação e o preço foi a cruz, hoje percorremos esse caminho diariamente nas quedas da vida, o cristão deve ser um imitador de Cristo, amando sem escolher a quem amar, fazendo do amor, humildade e perdão o seu tripé”, relatam os atores amadores.

A encenação contou com a participação de 27 atores, 10 na organização e um publico de mais de 100 pessoas ao longo das estações. O grupo utilizou de recursos próprios para a realização do evento com apoio de amigos e da comunidade informalmente. A mobilização nos últimos anos se dá nas redes sociais e convites boca a boca e o grupo, nos últimos anos, se deteve a encenação da via sacra, mas também se apresenta em momentos voltados a datas comemorativas e religiosas que a comunidade festeja.

A encenação da via sacra este ano, deu-se inicio na capela Nossa Senhora das Graças, com a entrega de Jesus por Judas, a negação de Pedro e a primeira estação: Jesus é condenado à morte. As seguintes aconteceram numa caminhada de cerca de 1 km, até onde aconteceu a crucificação, os momentos finais foram com a caminhada de volta à capela com o sepultamento no interior da mesma, o publico se retirou em silencio como um ato de comoção, reflexão e oração.