Governador anuncia reforço de 373 policiais militares a partir de janeiro

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) vai receber um reforço de 373 novos policiais militares, que serão nomeados no próximo dia ‪4 de janeiro‬, em cerimônia no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, nesta quinta-feira (27), em transmissão ao vivo pelo Facebook.

Para Camilo Santana, a convocação dos concursados reforça o compromisso do Governo com a segurança pública. “Dia ‪4 de janeiro‬ teremos uma nova turma convocada que imediatamente estará nas ruas reforçando a segurança do nosso querido Estado do Ceará. Com isso, já serão quase 10 mil homens convocados, contratados nesses quatro anos de nosso primeiro mandato. Quero aqui reiterar o meu compromisso de continuar trabalhando firme, forte e com muita determinação para garantir mais segurança e tranquilidade ao povo do Estado do Ceará”, pontuou Camilo.

Sobre o concurso

O concurso para soldado da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi lançado em julho de 2016, ofertando um total de 4.200 vagas. O edital previa a convocação de três turmas, até o ano de 2018. Mas, o Governo do Ceará acelerou este processo e convocou três turmas em 2017 e mais uma turma em 2018, totalizando 4.346 profissionais nomeados.

O Curso de Formação Profissional para a Carreira de Praças da Polícia Militar do Ceará foi realizado pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE) e contemplou uma carga horária de 1.020 horas/aula, formatadas com base na matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Segurança Pública (Senasp/MSP). Esta é a 4ª turma de candidatos aprovados no concurso de 2016.

Promoções

Além da nomeação de novos agentes, nos últimos quatro anos, o Governo do Ceará efetuou a promoção de 15.128 profissionais da segurança. A conquista foi alcançada graças à lei que permite o fluxo contínuo nas carreiras das corporações. A lei foi sancionada pelo governador Camilo Santana, no dia 25 de maio de 2015, após aprovação, por unanimidade, na Assembleia Legislativa.

A medida, que era uma reivindicação histórica das forças militares do Estado, institui um fluxo regular e automático na carreira dos oficiais e praças estaduais. Apenas em 2015, o total de promovidos foi de 8.891 militares, se transformando na maior da história das duas corporações, com 10 cerimônias realizadas em nove cidades: Fortaleza, Sobral, Crateús, Canindé, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Iguatu, Russas e Quixadá. Apenas 29 militares seriam beneficiados naquele ano caso a nova lei não tivesse sido aprovada.

Outros reforços

Ao longo da primeira gestão do governador Camilo Santana, também foram empossados 1.345 policiais civis, 573 bombeiros militares, 126 profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e mil agentes penitenciários, que reforçaram os trabalhos na área da segurança pública no Estado. Em 2019, além dos novos soldados da Polícia Militar, a expectativa é formar mais 276 oficiais da PM, 224 soldados e 53 oficiais do Corpo de Bombeiros.