Sertão Central e do Inhamuns do Ceará recebem chuvas de 71 milímetros

As regiões Sertão Central e Inhamuns registraram as maiores chuvas entre 7h de segunda-feira (14) até a manhã desta terça-feira (15), segundo balanço parcial da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). 

Nas duas áreas, as maiores chuvas aconteceram nos municípios de Quixadá, com 71 milímetros, e Ibaretama, com 70 milímetros. Em seguida, aparecem duas cidades da Região Metropolitana de Fortaleza. Pacatuba (57,6 mm) e Aquiraz (51,0 mm). Em Fortaleza, o maior registro aconteceu no Posto Pluviômetro de Messejana com 29,0 milímetros.

Ventania e alagamentos em Quixadá

Pouco mais de 20 minutos de chuva no fim da tarde desta segunda-feira, acompanhada de ventanias, foi o suficiente para causar um acidente de trânsito, estragos e alagamentos em alguns pontos críticos de Quixadá

O telhado da oficina de uma fábrica de ração localizada à margem da CE-265, a pouco mais de 10 km do Centro da cidade, foi arremessado a mais de 50 metros de distância, explicou o funcionário Marcos Médici, acrescentando que no momento da ventania não havia ninguém na área de conserto das máquinas e nenhum veículo cruzava a rodovia estadual.

Previsão para os próximos dias

Após um fim semana chuvoso, o Ceará segue com condições favoráveis para novas precipitações nos próximos dias. A presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) localizado a leste do Nordeste deve proporcionar chuvas na porção sul do Estado. Já para o norte, as precipitações terão influência de áreas de instabilidades provocadas pela maior proximidade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) da costa do Ceará.

Diante do cenário meteorológico – presença do VCAN e proximidade da ZCIT -, para esta segunda os meteorologistas preveem céu nublado com eventos de chuva na região Jaguaribana, na Ibiapaba, no Cariri e no Maciço de Baturité. Precipitações também são esperadas no Litoral Norte e no Sertão Central e Inhamuns.

Já para terça e quarta-feira (16), o Estado terá nebulosidade variável com eventos de chuva em todas as regiões. Apesar da atual previsão do tempo, a Funceme realizará novas análises nos próximos dias para atualizar as condições, caso necessário.

Do DN