Iguatu volta a tropeçar no Estadual e perde em casa para o Floresta por 3 a 2

Iguatu tropeçou novamente no campeonato estadual série A. Jogando contra o Floresta, em casa, no Estádio Morenão, na tarde desta sábado, 19, o azulão perdeu por 3 a 2. A equipe até que dominou o jogo, atacou, mas o adversário foi mais competente para obter a vitória. Com o resultado, Iguatu é o lanterna da competição.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o Floresta abriu o placar com gol de Jaildo. Iguatu empatou aos 37 minutos com Paulinho.

Erison, que substituiu Paulo Vyctor, ampliou o placar para o Floresta ao 43 minutos ainda do primeiro tempo.

Na volta do jogo, Paulinho novamente marcou para o Iguatu, aos 6 minutos, deixando, mais uma vez, tudo igual no Morenão.

Mas a esperança do torcedor do Azulão se desmoronou quando Danrlei ampliou o placar para o Floresta aos 30 minutos.

A partir do terceiro gol do Floresta, o time do Iguatu ficou perdido em campo.

Opiniões

O treinador do Iguatu, Roberto Carlos, reconhece que a situação é de dificuldade. “Não adianta desculpas, é trabalhar para chegar ao resultado que precisamos. Não fomos competentes, os atletas batalharam, mas infelizmente o resultado não veio. No futebol acontece essas coisas. Precisamos ter tranquilidade para o próximo jogo para superar essa situação incômoda para todos”.

Já Paulinho Cobayashe, treinador do Floresta, destacou a luta, o emprenho da equipe. “Conseguimos aqui o objetivo, mas torcemos para que o Iguatu continue na competição”.

atleta Paulinho, autor dos dois gols do Iguatu, lamentou a derrota. “Tomamos gols quando não podíamos tomar, mas vamos continuar lutando para tirar Iguatu dessa situação, da lanterna”.

Dedê também destacou a luta da equipe até o fim. “Fomos buscar o empate duas vezes e agora nos resta levantar a cabeça, trabalhar e acho que ainda não tem nada perdido.

O atacante Canga saiu de campo chorando.

O comentarista Rildo Lacerda observou que desde 2012 que Iguatu participa do campeonato estadual e conseguiu chegar à série A, mas quando termina o campeonato, o time é desfeito, “Não temos investimento em categoria de base, uma formação com atletas do município”.

A torcida deixou o estádio reclamando contra a diretoria.

Do DN Centro Sul