Pais enfrentam fila de mais de 24 horas para matricular filhos no Liceu de Iguatu

Movimentação intensa de pais de alunos em busca de matrícula no Colégio Liceu de Iguatu neste fim de semana. Temendo não conseguir vaga, um grupo começou ainda pela manhã do sábado a se reunir em frente à escola que oferta ensino de tempo integral e compõe a rede estadual de ensino.

Mais de cem pais dormiram de sábado para o domingo e no fim da tarde a direção do Liceu decidiu distribuir senhas para atendimento na segunda-feira, 28. “O dia de matrícula é hoje (segunda-feira), mas muitos pais decidiram formar filas desde o sábado”, observou a diretora da escola, Cláudia Medeiros. A unidade oferta 140 vagas, mas havia mais de 400 pais querendo matricular os seus filhos por considerar a boa qualidade do ensino.

O técnico da Crede de Iguatu, Tadeu Teixeira de Souza, frisou que a maioria das pessoas dá preferência pelo Liceu. “É uma questão local, cultural, em que se comenta entre os pais que a escola é boa, mas outras da rede estadual apresentaram melhora significativa”, pontuou. “Temos vagas para todos, não é o caso de se construir uma nova escola”.

O colégio Dr. Édson Gouvêa também distribuiu senhas e completou o quadro de matrículas nesta segunda-feira. Já o Filgueiras Lima ainda dispunha de 60 vagas no fim da manhã.

Deu certo 

Vanda Gomes enfrentou mais de 24 horas na fila, chuva à noite, e sol no domingo, mas conseguiu matricular o filho, Raian Gomes, no 1º do ensino médio. “Foi um sufoco, mas estou gratificada”, comemorou.

Ana Maria de Jesus também obteve êxito e conseguiu matricular o filho, no 1º do ensino médio, que concluiu o 9º do ensino fundamental no Educandário Nossa Senhora de Fátima. “Cheguei no sábado às 10 horas da manhã e só sai no domingo às 17 horas, depois que a escola entregou as senhas”, contou. “Foi cansativo, mas valeu a pena”.

Do DN Centro Sul